terça-feira, 11 de setembro de 2012

Sobre blogs e blogueiros


Escrever é, antes de tudo, um ato de doação.

Li esta frase em um dos meus blogs preferidos há algum tempo. Esta é a pura verdade. Quando criei meu primeiro blog, lá por 2004, queria só falar sobre o meu cotidiano, meus gostos ou qualquer outra coisa que me desse na telha. Mas quando eu sentava na frente do computador, lembrava de alguma pessoa que tinha encontrado horas antes e havia me dito algo do tipo: "Cara, descobri teu blog e achei muito legal."

Daí eu comecei a entender que a característica dos conteúdos na internet não podia ser tão personalista. Por isto, alguém, há zilhões de anos, criou um negócio chamado diário. Ali, as mulheres (e até alguns homens, xiii) escreviam aquilo que só interessava a eles mesmos. Já na web, há pessoas que leem e aprovam, reprovam ou ignoram o que está postado.

Esse é o âmago deste blog. Conteúdos interessantes para mim e para o meu público-alvo, principalmente os meus amigos. Os blogs que eu leio também são feitos assim: assuntos específicos, com alguma informação, muita interpretação e opinião bem postada. Era exatamente aí onde eu queria chegar.

Não visito blogs porque são confiáveis. Não visito porque são críveis. Não visito para me informar. Eu entro lá para ler, buscar opiniões, vários lados da mesma história. Enfim, para conhecer o contraditório. É até comum eu ler blogs com opiniões totalmente contrárias às minhas, apenas para fugir das armadilhas de quem pensa estar certo sobre tudo. Nada melhor do que uma opinião contrária, bem fundamentada, para nos fazer refletir sobre um assunto, mudar nossa visão ou correr atrás de reforçar nossos argumentos.

Então, amigos, é com muito orgulho que eu sentencio: aqui neste blog você não achará a verdade. Porém, também não encontrará mentiras. O que se escreve aqui é simplesmente a minha visão sobre assuntos que me chamam a atenção e têm algum interesse aos meus amigos e visitantes ocasionais.

A propósito, gostei de escrever sobre isso.

2 comentários:

Dublê disse...

Grande Tiago!
Tô passando pra marcar presença no teu blog. Show de bola teu texto. Até me deu vontade de fazer um blog parecido com o teu... um que eu não abandone no meio do caminho! hahaha!
Abraço!

Dublê disse...

A propósito: "Dublê" é meu pseudônimo no Blogger. Se quiser saber o porquê, pergunte ao Andy Carpes que ele te explica! hahaha! Abraço! Daniel Isaia